Seu Internet Explorer está desatualizado

Para uma melhor visualização do site, utilize a mais nova versão ou escolha outro navegador.

Notícias » Polícia

20/08/2012 - 18:50 - Fonte: Gazeta de Araçuai

Itaobim registra 3 assassinatos em uma semana

Três homens foram mortos a tiros. Ninguém foi preso.

Foto: divulgação Itaobim registra 3 assassinatos em  uma semana
Itaobim fica no Vale do Jequitinhonha às margens da Rio-Bahia

A cidade de Itaobim (MG) no Vale do Jequitinhonha, às margens da BR-116 (Rio-Bahia) está entrando nas estatísticas da cidade mais violenta do Vale do Jequitinhonha.

 

 

Em  pouco mais de uma semana, a Polícia Militar registrou três ocorrências de assassinato.

 

 

 

No dia 13/08 por volta das 20 horas, durante patrulhamento rotineiro, dois policiais militares ouviram disparos de arma de fogo vindo da região do bairro Guadalupe.

 

 

Em rastreamento pela rua Tupinambás, na altura do número 353, os policiais encontraram em um terreno baldio, o corpo de Wendel Marcelino da Silva, 26 anos, natural de Osasco (SP), com várias perfurações provocadas por arma de fogo.

 

 

O SAMU foi acionado mas o homem chegou sem vida ao hospital local.

 

 

A testemunha E.P.F.C,  sogra da vítima, informou aos policiais que momentos antes do crime, um homem que se identificou como Gabriel, chamou seu genro na casa dela e ambos saíram após uma conversa.

 

Ela disse ainda que pelo barulho,  eram  mais de duas pessoas no encontro e que elas permaneceram por cerca de cinco minutos à frente de sua residência.

 

Apos a conversa, Wendel Marcelino saiu e logo depois, ela ouviu os disparos.

 

 

O local do crime foi isolado e a perícia recolheu  dois projéteis, provavelmente de revólver calibre 38.

 

A vítima foi atingida por quatro disparos, sendo dois na cabeça e dois nas costas. Um dos disparos pode ter sido de uma chumbeira.

 

A polícia procura pelo elemento conhecido por Gabriel.

 

Morte no bar

 

Luciano Ferreira de Sousa foi morto a tiros  por volta das 18:30hs  do dia 17/08 quando se encontrava em um bar na rua Poços de Caldas, na cidade de Itaobim. Não foi informada a idade da vítima.

 

De acordo com Gilberto Matos de Sousa, dono do bar, Luciano aparentava estar embriagado quando dois desconhecidos, sendo um branco e outro de cor parda e estatura baixa,  entraram e jogaram a vítima no chão,  efetuando contra ele vários disparos.

 

De acordo com a perícia, o homem foi atingido  por dois tiros na cabeça e um no pescoço. Foram recolhidos no local,  três cápsulas calibre 9 mm.

 

Após o crime, os  dois homens  fugiram  rumo ao bairro São Cristóvão.

 

Até o momento ninguém foi preso.

 

Morte em festa de universitários

 

Terminou em tragédia, uma festa promovida na Comunidade de Fogueteiros por universitários de Itaobim,  para arrecadar fundos para a formatura da turma.

 

 

No inicio da madrugada de 19/08, dois indivíduos armados com revólver e uma pistola, atiraram contra Aurélio Junio Souza Dutra, conhecido por Bicudo, que também participava da festa.

 

Após os disparos, os dois elementos fugiram a pé, em direção a uma mata fechada.

 

 

Testemunhas que estavam na festa reconheceram os dois elementos que disparam os tiros como sendo Zaqueu e Encebado, residentes no bairro Santa Helena, naquela cidade.

 

 

Durante rastreamentos, a polícia localizou dentro do mato, uma mochila preta, dois cartuchos intactos calibre 38, uma camiseta cinza e uma bermuda cinza e preta, possivelmente dos autores do crime que estavam de tocia  no local.

 

Aurélio Junio ( não foi informado a idade ) chegou sem vida ao hospital de Itaobim.

 

Ele foi atingido por 5 tiros, sendo um na nuca, dois no tórax, um na virilha e outra na coxa esquerda.

 

A polícia ainda não prendeu os autores do homicídio.

 

Os organizadores da festa disseram que não possuiam alvará de licença para realizá-la e nem solicitaram policiamento para a área.